O que é Google RankBrain e como ele influenciará o SEO do seu site

Se você ainda não sabe o que é Google RankBrain, o novo algoritmo do Google, este artigo certamente irá dar uma ajuda e tanto no seu trabalho de otimização de sites para ferramentas de busca.

O Google RankBrain é o novo algoritmo do Google e na verdade já vinha rodando lá fora em caráter experimental, mas no final do ano passado. No dia 26 de outubro do ano passado, o Google anunciou que ele será integrado definitivamente a matriz de classificação dos sites nas páginas de respostas do buscador.

Como isso afeta o processo de SEO? De maneira geral, que já vinha seguindo as boas práticas de SEO, não notará um impacto tão grande assim em suas posições no Google, mas é melhor entendermos primeiro como funciona o Google RankBrain para depois analisarmos seu impacto.

Como funciona o Google RankBrain

Para aqueles que ainda não sabe o que é Google RankBrain, a explicação é bem simples, como você verá aqui. O algoritmo trabalha com um sistema de inteligência artificial que tenta entender o grau de satisfação do usuário com os resultados das buscas apresentados nas páginas de respostas do Google.

Na verdade, o RankBrain trabalha analisando o comportamento do usuário nos cliques dados na página de resposta, acesso ao site e profundidade de navegação. Ele considera que seções com navegação mais profunda, ou seja, que geram cliques em outras páginas do site, são acessos que na verdade satisfizeram a intenção de busca.

Por exemplo, se o acesso a um determinado resultado exibido na página de resposta do Google, gera uma visita ao site e essa visita gera uma sério de outros acessos à página, essa busca é considerada uma busca bem sucedida, pois satisfez à necessidade de informação do usuário.

Por outro lado, um acesso vindo das páginas de respostas do Google gera um bouce imediato na página acessada, esse comportamento é considerado pelo RankBrain como uma busca mal sucedida.

Colecionando experiências dos usuários, o RankBrain vai entendendo quais são os resultados que cada um deles prefere, e isso obviamente terá reflexos na classificação destes sites.

O que o Google RankBrain busca entender

Agora que você já sabe o que é o Google RankBrain, vamos entender o que o Google busca com este novo algoritmo.

Sabemos que o Google está sempre em busca de melhorias para o seu algoritmo de classificação, visando a satisfação dos usuários nos resultados apresentados em suas páginas de respostas. Afinal de contas, foi assim que ele acabou com o Yahoo! E o MSN/Bing.

O RankBrain tenta sofisticar ainda mais os resultados, buscando entender exatamente o que o usuário está buscando.  A lógica do novo algoritmo segue três objetivos:

  • Determinar o que o usuário quis dizer com aquela busca
  • O que o usuário realmente quer
  • Qual é o grau de satisfação que ele tem com a página acessada

Digamos que um usuário digita na Google a expressão Nutragen, e existam dois resultados:

  • Primeiro lugar – nutragenmotors.com
  • Segundo lugar – nutragenskincare.com

Se um número maior de pessoas acessarem o site www.nutragenskincare.com, navegarem por diversas páginas do site, esse comportamento significará que o resultado para a busca “nutragen” deverá ter este site em primeiro lugar, e não o www.nutragenmotors.com como inicialmente era listado.

Qual o impacto do RankBrain sobre o SEO

Se formos analisar sob o ponto de vista da estrutura do trabalho de SEO, veremos que, como disse anteriormente, os profissionais de SEO que já seguem as boas práticas de otimização de sites para ferramentas de busca, será reduzida.

O RankBrain na verdade é mais uma engrenagem do imenso algoritmo que o Google vem montando, conhecido como Humminbird Search Algorithm.

O importante é percebermos que a exigência de proporcionar uma boa experiência de navegação, e uma relação direta entre o conteúdo e os resultados de busca, fica cada vez mais evidente.

Será cada vez mais importante alinhar os esforços de SEO com o momento de busca do usuário no Funil de AIDA, para com isso reduzirmos a taxa de rejeição do site e com isso satisfazer a esse critério mais sofisticado imposto pelo RankBrain.

Essa é uma questão que em nosso curso de SEO sempre fazemos questão de frisar. De nada adianta conquistar posições de destaque no Google e outros grandes buscadores, se essas posições não se traduzem em conversões efetivas.

É claro que o relatório de posicionamento com belos números é importante, mas do que adianta isso se a conversão, que é o que realmente interessa no final, acaba não ocorrendo. Se você analisar bem, é sobre conversão que o RankBrain está falando.

Agora que você já sabe o que é Google RankBrain e seus impacto sobre o trabalho de SEO, o que acha de dar uma atualizada em suas diretrizes? Mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

Por Alberto Valle, diretor da Academia do Marketing

O que é Google RankBrain
5 (100%) 7 votos