Qual a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo

Você sabe qual é a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo? Acha que é tudo a mesma coisa. Veja neste artigo como as duas definições são ao mesmo tempo diferentes e complementares.

Muita gente acaba confundindo os conceitos de Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo. Alguns pensam que as duas estratégias se diferem, outros acham que são a mesma coisa com nomes diferentes e por aí vai.

A verdade é que o marketing de conteúdo é uma estratégia sinérgica às estratégias de inbound marketing.

O Inbound Marketing é um planejamento amplo, completo, onde as principais estratégias do marketing digital se aplicam. O conteúdo é um dos pontos fortes das campanhas de Inbound.

Fazendo uma analogia, se o Inbound marketing fosse um motor de carro, o conteúdo seria a bateria.

Para que você entenda melhor qual a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo e por que conteúdo é imprescindível para o Inbound Marketing, é preciso que antes você conheça as características destas estratégias.

Entendendo o que é Inbound Marketing

O Inbound Marketing, que traduzido para o português seria Marketing de Atração, se resume numa nova abordagem de marketing que tem proporcionado grandes resultados. A estratégia é composta por quatro etapas principais:

  • Atração
  • Conversão
  • Fechamento
  • Encantamento

O Inbound começa com o objetivo de atrair visitantes para o seu site/blog e termina com um cliente extremamente satisfeito que tende a promover sua marca nas mídias sociais e outros canais de forma altamente positiva, gerando novos clientes para o negócio.

Para pôr uma campanha de Inbound em prática, os responsáveis precisam se dedicar bastante, monitorando os processos com exímio profissionalismo, principalmente porque há muitas ações a serem executadas.

Criação da Persona de Marketing, a caracterização de um cliente em potencial, análises detalhadas, gerenciamento rigoroso nas de redes sociais, mensuração das métricas, entre diversas outras ações fazem parte da estratégia.

Num contexto geral, é preciso que conteúdo relevante e de qualidade seja criado, publicado e compartilhado. E isso no site, no blog e nas redes sociais. É nesse momento que o marketing de conteúdo entra em cena.

Entendendo o que é Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia vai ao encontro da primeira, tendo a finalidade de transformar empresas em um canal de comunicação direto com seus clientes utilizando conteúdo de qualidade. Repare que sempre frisamos a palavra qualidade.

É uma maneira sutil de atingir os anseios e necessidades do seu público alvo sem forçar as vendas. É notório que cada vez mais as marcas estão se tornando publishers e são donas dos seus canais.

A essência está em produzir algo útil e informativo que agregue valor aos usuários. Basicamente, o conteúdo deve ser postado no blog, compartilhado nas redes sociais (redes sociais também exigem conteúdo específico), divulgação de e-books, etc.

Quando seu cliente em potencial estiver à procura de soluções que vão ao encontro de seu tipo de negócio, tende a encontrar sua empresa através do que você publica.

Usar o conteúdo para atrair novos clientes é uma excelente ação, porém, mais uma vez, precisamos ser taxativos: Esse conteúdo deve ser de qualidade. Bem como, obviamente, ser de real interesse de seu público-alvo.

Quanto aos formatos, não há um padrão, sendo a criatividade quem determina o que será usado. Como diria meu amigo Rudi Ribeiro, o conteúdo é a gasolina que alimenta o motor do seu plano de inbound marketing.

A diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo

Utilizando o Marketing de Conteúdo efetivamente no Inbound Marketing

O Inbound Marketing, apesar de muito eficaz, não é tão simples de ser aplicado. Para conseguir realizar uma campanha que traga resultados reais é fundamental que você e as demais pessoas envolvidas (se houver), saibam elaborá-la com extrema relevância.

Os artigos do blog devem ser informativos, as postagens nas redes sociais bem chamativas e dinâmicas para garantir a atenção do leitor, etc. Além disso a aplicação de técnicas de SEO, é fundamental para a otimização de textos para ferramentas de busca formatos de conteúdo com muita expressão no Inbound Marketing.

Estes formatos podem ser utilizados como ‘isca digital’, uma oferta gratuita que atrai o público para as famosas Landing Pages, local onde irão passar seus dados para conseguir a oferta.

Os dados fornecidos serão utilizados, posteriormente, para educar os seus leads até que se tornem clientes e depois sejam fidelizados e se transformem em promotores!

Quando o assunto é adotar uma nova postura diante do atual mercado e incluir a produção de conteúdo nas ações de marketing, muitas empresas desenvolvem um conflito.

Não entendem por que e para quê produzir conteúdo, que tipo produzir, com qual frequência, para quem, etc.

Tudo parece complexo demais, até a escolha do tipo de profissional contratar. Seria um jornalista, ou uma equipe de assessoria de imprensa?

A resposta é um tanto óbvia, mas aproveitamos esse post para ressaltar: Contrate uma agencia de Inbound Marketing/Marketing de Conteúdo. É a melhor coisa que se pode fazer para não errar no processo e conseguir os resultados esperados!

O propósito do conteúdo no Inbound e Buying Personas

Numa estratégia de Inbound, o propósito do conteúdo deve estar bem definido. Pense sempre nos seguintes critérios: ele deve ser útil, de qualidade, relevante e resolver os problemas e as necessidades do público-alvo.

Partindo desse princípio, se a empresa não conhece bem o público alvo, automaticamente, terá dificuldades de se dirigir a ele, e a intenção o Inbound será ineficaz.

Parece redundante dizer isto, leitor, mas a intenção do marketing é sempre satisfazer o cliente. O Inbound se caracteriza por ir ao encontro do que o consumidor busca e não apenas influenciá-lo a comprar.

Então, os planejamentos de Inbound e Conteúdo devem girar em torno das preocupações, necessidades e desejos do cliente.

Que tipo de informação sobre os produtos e serviços que você precisa expor a seu público alvo? É preciso definir quais suas “buying personas” para poder falar a língua delas, e só depois desse mapeamento começar a produzir conteúdo.

A grande diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo é que no Inbound se tem uma visão mais abrangente e no marketing de conteúdo trabalhamos o material a seu divulgado.

Conclusão

Nossa intenção nesse post foi mostrar ao mesmo tempo qual a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo e de que forma se cria uma complementaridade entre essas duas estratégias de marketing digital. Cada uma possui suas características específicas, mas sem uma a outra não funciona.

Podemos afirmar, então, que elas apresentam uma parceria perfeita para quem deseja elevar os resultados das campanhas de marketing digital.

Vivemos numa era em que o consumidor tem o poder nas mãos. Se ele não gostar do que você faz, além de rejeitar sua marca, poderá expor isso ao mundo. Então nada melhor do que usar o Inbound para produzir o que ele quer e precisa.

Para complementar as informações apresentadas aqui, sugerimos que você leia o artigo O Que é Inbound Marketing publicado aqui em nosso blog.

Agora que você já sabe a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo, já pode ter uma nova visão sobre cada uma dessas áreas do marketing online. Mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

Fonte: Blog do Hubspot

Conheça detalhes do Curso de Marketing Digital Online oferecido pela Academia do Marketing Digital Online

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar