SEO não pode ser tratado de forma isolada na estratégia de marketing

Se você vem tratando seu processo de SEO como uma unidade isolada e estanque em sua estratégia de marketing digital, é hora de repensar seu posicionamento e mudar.

Estamos em um momento em que é preciso unir todos os aspectos do site, como conteúdo, redes sociais, design e arquitetura para que os esforços de Search Engine Optimization possam ser potencializados.

Estamos em uma época onde tratar o projeto de SEO de forma isolada já faz parte do passado. Até alguns anos atrás o trabalho de SEO se resumia a inserir algumas palavras-chave na meta tag Keyword – hoje em dia aposentada por tempo de serviço, criar uma tag Title bem otimizada, uma Description envolvente, colocar as palavras certas nos lugares certos e criar alguns links onde desse para arrumar. Deu certo naquela época, mas hoje em dia não dá mais.

SEO é um segmento dinâmico

Em nosso curso de SEO sempre chamo atenção para o fato do processo de SEO ser atualmente algo dinâmico, que evolui junto com a tecnologia e também novos hábitos e costumes dos Internautas, como as redes sociais, por exemplo.

A época em que bastava um trabalho de otimização levado às últimas consequências nas páginas do seu site garantia um bom posicionamento nas páginas de respostas do Google definitivamente acabou. Depois da Penguin Update do Google até pode punir o seu site em função da super otimização.

Nos dias de hoje é necessário aplicar as técnicas de SEO em tudo o que você faz nos diversos canais. Para conseguir levar um tráfego qualificado para o seu site através da busca orgânica é necessário otimizar redes sociais, imagens, códigos de programação, arquitetura do site e até mesmo o provedor de hospedagem do site.

Arquitetura do site é fundamental em SEO

Embora quando falamos em SEO a primeira coisa que vem a cabeça das pessoas seja a questão da otimização onpage, fatores de SEO presentes nas páginas de um site, um dos grandes segredos para um bom posicionamento nas ferramentas de busca é justamente a estrutura, ou a arquitetura do site.

É a arquitetura do site que irá determinar quais páginas devem ser otimizadas prioritariamente, qual o tipo de palavras-chave devem ser empregadas e quais serão os relacionamentos de links internos do site. A Autoridade de uma página e sua Reputação junto aos buscadores dependerá muito da forma como ela se relaciona com as outras, e quem dita esse relacionamento é justamente a arquitetura do site.

Portanto, ao abordar a questão de otimização de um novo site, seja na fase de planejamento de SEO  ou na reestruturação de um site já existente, comece pela arquitetura, caso contrário todos os outros esforços serão em vão. Se tiver que implementar uma nova seção no site, preste atenção no impacto que ela terá sobre o restante do projeto.

Buscas cada vez mais complexas

SEO não pode ser tratado de forma isolada na estratégia de marketing

SEO precisa estar integrado à estratégia de marketing

O marketing de busca está presente em todo lugar atualmente na Internet. Até o tráfego direto pode ser categorizado como resultado de busca orgânica já que alguns navegadores o campo para digitação da URL do site é na verdade um campo de busca.

As pessoas estão ficando cada vez mais acostumadas a buscar qualquer coisa que venha a sua cabeça e para satisfazer essas buscas cada vez mais inusitadas é preciso aplicar as técnicas de SEO em tudo o que você faz em termos de marketing digital.

Diante desse quadro, a etapa de pesquisa por palavras-chave, que fazemos tanta questão de discutir exaustivamente em nosso curso de SEO ganha cada vez mais importância. Você pode se considerar um expert na sua área de atuação e achar que conhece todos os termos que os usuários irão usar para encontrar seu produto ou serviço.

O fato é que depois de um bom exercício de pesquisa de palavras-chave no seu site, e no da concorrência também, se estiver usando as ferramentas certas, irá se espantar com o número de palavras que se quer passaram pela sua cabeça. São estas palavras que irão nortear todo o seu trabalho de SEO, do conteúdo até a própria arquitetura do site.

Conteúdo relevante antes de otimizado

O conteúdo de um site é sua força. Não adianta de nada ter uma boa arquitetura se o conteúdo é fraco. Um bom conteúdo é informativo, descreve situações e produtos e ao mesmo tempo precisa estar alinhado com os objetivos de conversão do site, que inevitavelmente está conectado às estratégias empregadas em outros canais como links patrocinados, e-mail marketing e mídias sociais.

É por isso que a formação do profissional de SEO precisa ser abrangente, para que ele possa se posicionar em relação a todas as áreas do marketing digital.

O conteúdo precisa conter informações que sejam relevantes para o público que pretendemos impactar e ao mesmo ter características de SEO que nos garantam um bom posicionamento nas SERPs, motivo maior de qualquer estratégia de marketing de conteúdo.

Ai reside um dos grandes erros do processo de SEO, levar a extremos a busca por esse relevância e acabar por produzir um texto que sob o ponto de vista de SEO está perfeito, mas para o leitor acaba se tornando chato, repetitivo e em alguns casos extremos, de difícil compreensão.

Talvez o grande desafio seja justamente alcançar este equilíbrio. O conteúdo precisa ser relevante para o Google é claro, mas antes de tudo ele precisa ser agradável para os visitantes do nosso site.

SEO em sintonia com outras ações de marketing

Outro belo desafio para o profissional de SEO é aplicar as técnicas de otimização e manter o site e seu conteúdo em perfeita sintonia com outros canais de marketing. Com a integração cada vez maior das diversas mídias digitais, somos obrigados a pensar em tudo na hora de produzir um determinado conteúdo e depois otimizá-lo. Um exemplo disso está no Facebook Marketing.

Segundo as regras do Facebook, quando impulsionamos uma publicação ou fazemos um anúncio baseado nela, não podemos determinar o título da publicação, um dos fatores fundamentais para um bom desempenho da postagem em temos de cliques. Quem determina qual será o título é o próprio Facebook com base no título da postagem.

Por isso, no módulo de produção de conteúdo do nosso curso de Facebook Ads, chamamos atenção para essa característica dessa modalidade de anúncio, justamente para podermos alinhar a produção de conteúdo do blog da empresa, por exemplo, com as situações que iremos enfrentar no Facebook.

É um exemplo clássico da necessidade de integração das diversas ações de marketing digital para criarmos uma sinergia entre elas. Mantenha-se em dia sobre SEO e outras áreas do marketing digital assinando nossa Newsletter.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Avalie esta página