Quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais

  • Veja nesta matéria o quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais

Quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais – Veja um roteiro para estabelecer o valor deste trabalho

Em nossos cursos, muitos participantes nos questionam sobre quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais e a minha resposta é inevitavelmente: Depende.

Enervante, não parece? Mas é a pura realidade. Não existe um valor fixo a ser cobrado pelo trabalho em mídias sociais.

O que existe é o tempo e o esforço que o profissional de mídias sociais terá que empregar para criar uma presença nestes canais, que traga resultados reais.

Existe uma grande diferença entre ter uma página no Facebook ou perfil no Twitter e conseguir resultados reais em termos de captação de Leads e conversões em vendas através dessas mídias. É a diferença entre investimento em marketing digital e gasto.

Como esse segmento do marketing digital é relativamente novo, a dúvida sobre quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais é muito comum, principalmente para aqueles profissionais que estão começando. Por isso, vamos ver alguns pontos importantes na hora de determinar o preço cobrado pelo seu trabalho.

Qual é o posicionamento atual da marca

A primeira coisa a ser analisada quando se fala em quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais é qual é o posicionamento atual da marca nesse canal. Existe alguma presença? De que forma ela foi estruturada? Quais seriam seus objetivos?

Uma coisa é construir uma presença profissional desde os alicerces e transformar as mídias sociais em um verdadeiro canal de comunicação com os atuais e potenciais clientes da marca. Outra coisa é consertar todo um trabalho que foi feito anteriormente sem a estrutura profissional que a comunicação através desses canais exige hoje em dia.

Quanto tempo será investido no trabalho inicial

Quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais - Veja um roteiro para estabelecer o valor deste trabalho

Veja alguns pontos a serem avaliados para estabelecer o quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais

Se a marca não possui qualquer tipo de presença nas mídias sociais, o caminho é um. Nesse caso você terá que criar as contas nas diversas mídias, que realmente podem trazer resultados para a marca e configurar todas elas.

Eu, particularmente adoro esse tipo de desafio, pois posso estruturar toda a campanha, desde a base, incluindo não apenas os fatores que dizem respeito às mídias sociais em si, mas também outras dimensões do marketing digital, como SEO, por exemplo.

Nesse caso você terá todo o trabalho inicial de configuração das contas, customização do canal e aplicação de técnicas de SMO – Social Media Optimization, que envolverá áreas distintas como design gráfico, search marketing e obviamente seus conhecimentos em termos de mídias sociais.

Para determinar o quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais você terá que levar em consideração o tempo que será empregado nessa etapa e colocá-lo como valor de configuração, de forma destacada dos outros serviços, para que o cliente saiba exatamente pelo que está pagando.

Dando seguimento a um trabalho anterior

Uma outra situação é quando você assume a conta de uma marca que já possui uma presença estruturada nas redes sociais. Neste caso, após uma análise preliminar do ambiente já existente e da atividade nestas mídias, será o momento de avaliar o tipo de trabalho que você terá pela frente.

Avalia todas as demandas envolvidas no trabalho, como:

  • Criação de conteúdo
  • Design gráfico
  • Veiculação
  • Interação
  • Mídia paga

Repare que no seu orçamento, você deverá deixar claro o que será cobrado em termos de marketing de conteúdo e mídias pagas, como por exemplo, Facebook Ads. São dois cálculos diferentes e por isso você deve deixar bem claro para o cliente, o que é o que.

Como calcular o valor do trabalho em mídias sociais

Em um artigo anterior, quando discutimos qual a estrutura de custos do trabalho em marketing digital, e recomendamos que você leia este artigo para ter uma ideia bem definida dessa questão.

  Leia o artigo Quanto Cobrar Pelo Trabalho em Marketing Digital

No caso específico de mídias sociais, eu sempre chamo atenção dos participantes do nossos cursos para a questão do custo de algumas ferramentas específicas, como sistemas de monitoramento de mídias sociais e outras ferramentas avançadas de social media apresentadas em nosso curso.

Qual o custo do trabalho em mídias sociais. Veja como calcular o valor do trabalho em mídias sociais.Grande parte das ferramentas apresentadas possuem uma versão gratuita, mas dependendo do tipo de trabalho que você vai se propor a fazer, precisará de recursos mais avançados.

Para ter um valor exato do que você deverá cobrar pelo seu trabalho em mídias sociais você precisará incorporar estes custos que podem vir a ser significativos e por isso precisam ser muito bem avaliados.

Para ter sucesso como consultor de marketing digital você deve deixar o cliente o mais confortável possível na relação contratual, e no caso de mídias sociais, é importante mostrar para ele, que tipo de trabalho ele está pagando.

Por isso, sugiro a apresentação do orçamento em três categorias distintas:

  1. Custos de configuração inicial das plataformas de mídias sociais
  2. Custos de geração de conteúdo e interação com os clientes
  3. Custos de estruturação e veiculação de mídias pagas

Ao propor o seu trabalho dessa forma, você poderá fazer correções no preço do seu serviço na medida em que as demandas da marca forem aumentando e até mesmo em função de evolução das próprias plataformas de mídias sociais.

Essa mesma metodologia deve ser aplicada, por exemplo, quando você está fazendo o trabalho de assessoria de imprensa na Internet, função onde por vezes temos que começar do zero em termos de mídias sociais.

Apresentação do trabalho é um diferencial

Tão importante quanto saber o quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais é saber como apresentar seus resultados de forma transparente e clara, para que seu cliente entenda perfeitamente o retorno que você está proporcionando com o seu trabalho.

Relatórios simples, mas explicativos são um ótimo diferencial que você pode agregar ao seu trabalho. Não me refiro a colocar em um relatório simplesmente a quantidade de fãs da página, principalmente porque número de fãs não é métrica de retorno e sim métrica de audiência. Me refiro a explicar qual foi o retorno financeiro, ou em termos de imagem, você está trazendo para a marca.

Se você tinha alguma dúvida sobre quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais, acredito que depois de ler este artigo já poderá ter uma visão mais clara sobre o assunto. Se você já tem alguma experiência na área, compartilhe conosco. É sempre bom ouvir outras opiniões. Mantenha-se atualizado, assinando a nossa Newsletter.

Por Alberto Valle, diretor e instrutor da Academia do Marketing

Quanto cobrar pelo trabalho em mídias sociais
4.7 (93.04%) 23 votos

Clique aqui e veja como cadastrar gratuitamente seu currículo no Marketing Jon

2017-06-12T09:53:21+00:00 By |Categories: Redes Sociais|Tags: |

11 Comments

  1. Academia do Marketing 24 de outubro de 2017 at 19:06

    Olá Marcelo

    Como dissemos em nosso artigo sobre quanto cobrar pelo trabalho em redes sociais, você precisa deixar claro o que vai ser feito e quanto tempo, cada uma dessas tarefas irá demandar. Uma coisa é desenvolver a arte de uma página, como imagem de capa padrão, imagens de capa sazonais, a imagem de perfil, arte para postagens e outros serviços que envolvem o trabalho de um web designer.

    Outra coisa completamente diferente, e com uma demanda de tempo igualmente diferente, é a geração de conteúdo, alinhada com uma estratégia de marketing nas mídias sociais, o acompanhamento dessas ações em termos de funil de conversão e monitoramento de resultados.

    Cada um destes trabalhos deve ser quantificado, em termos de horas e precificado, dentro do que descrevemos no artigo.

    Um grande abraço e sucesso!

  2. Marcelo Maia 24 de outubro de 2017 at 17:46

    Mto bom este artigo… Mas tenho uma dúvida: Eu não sou designer gráfico, mas saco mto nesse quesito e já fiz para algumas pessoas… Faço até montagens no Photoshop e tudo mais… Mas como estou desempregado e está mto difícil de arrumar emprego em um país quebrado e corrupto, uma amiga me sugeriu que eu fizesse um trabalhinho para ela como fazer manutenção em uma página de negócios dela no facebook, como melhorar a imagem da página, foto de perfil, de capa, textos e divulgar a mesma e me pediu que eu cobrasse por este trabalho… E tbm me ajudaria a divulgar meu trabalho… Mas não faço a menor idéia de qto custa um trabalho desse… Se alguém puder me ajudar, serei mto grato… Um abraço a todos e parabéns pelo artigo! Sou do RJ!

  3. Amanda Picasso 10 de Maio de 2017 at 23:57

    Adorei o artigo. Mas minha dúvida é: quando trabalho como um ”digital influencer” e ela cobra X valor por um post no instagram, por exemplo, qual a porcentagem do valor devo cobrar?

  4. Marcelo Silva 31 de Março de 2017 at 14:56

    Artigo muito útil. Eu tenho uma agência de publicidade e vejo uma oportunidade em minha cidade para gerenciamento de redes sociais. Mas é muito importante gerar leads para os clientes e não apenas curtidores no Facebook.

  5. Paula 17 de Janeiro de 2017 at 10:24

    Excelente publicação. Esclareceu bem e pude usar bons argumentos com o cliente. Grata!
    Paula

  6. Caroline Carneiro 5 de julho de 2016 at 08:51

    Eu também fiquei curiosa para saber média de preço, se possível por região. Porque acredito que um preço que cobra no sudeste ( SP,RJ, MG e ES) não seja o mesmo que cobrariam no Maranhão, por exemplo.

    Parabéns, adorei o artigo.

  7. Priscila Candiani 23 de junho de 2016 at 13:54

    Nossa ajudou bastante o artigo, Sou designer gráfico e já recebi propostas para ficar fixa atualizando perfil de lojas no face. Mas nunca soube muito bem como cobrar , em geral querem pagar por mês, mas não sei se estabeleço uma quantidade fixa de inserções de propaganda mais as atualizações de txt. algumas pessoas me passaram que tem gente que cobra por ex. 80,00 por mês para publicar 12 imagens, tem gente cobrando até 40,00. Acabo desistindo da ideia, porque em geral eu cobro 50,00 por exemplo pela criação de um cartão de visitas frente e verso, isso só a arte…como vou cobrar 40,00 por mês para ficar atualizando uma pagina no face.. mesmo que essa cliente seja uma amiga, sei lá não acho valido… vou até compartilhar seu artigo no meu perfil.. para terem uma ideia que isso é um trabalho mesmo,, e não só um hobby como se fosse _ há vc vai fazer isso só uns 15 min por dia.. nem vai tomar seu tempo….

  8. Academia do Marketing 6 de Janeiro de 2016 at 23:18

    Olá Hemiltom

    Entendemos o seu questionamento, mas como você deve ter lido no artigo publicado, isso depende muito do tipo de serviço que será prestado e do quanto você estima a sua hora trabalhada.

    Não há como colocar limites neste tipo de serviço. O que aconselhamos é que o valor seja compatível com o tempo que será necessário para desenvolver o trabalho, as ferramentas utilizadas e, obviamente, o retorno que você irá proporcionar ao cliente.

    Em nossos treinamentos, costumo dizer que não existe campanha de marketing cara. A única ação de marketing que podemos dizer que custa caro, é aquela que não traz resultado. Essa sim, é muito cara.

    O valor depende mesmo. Depende do tempo, recursos e tecnologia envolvida.

    Um grande abraço e sucesso!

    Alberto Valle

  9. Hemilton 6 de Janeiro de 2016 at 13:14

    Bom artigo, mas poderia dar pelo menos uma noção de preço. Nem que fosse uma média por alto, mas deixar sem nenhuma referência não ajuda muito. Se depende, ok, mas de quanto até quanto?

  10. Gonçalo da Silva 22 de setembro de 2015 at 08:21

    Gostei imenso do artigo!
    Sou jornalista angolano, Angola. E pretendo empreender no espaço digital prestando alguns serviços como gestão e monitoramento de Redes Sociais. Já fiz alguns cursos no (RJ e SP)/BRASIL. Mas sinto que me falta prática de trabalho. Onde como cobrar pelos serviços é uma das questões. E este artigo foi muito útil pra mim.
    Obrigado!

  11. Robson Santos 4 de Fevereiro de 2015 at 09:34

    Parabéns, ótimo artigo!

Leave A Comment