Os blogs dominam as redes sociais no Brasil e na América Latina

Os blogs dominam as redes sociais no Brasil e na América LatinaAo analisar os sites sociais mais populares de acordo com o ranking da comScore, percebemos que os blogs apresentaram um crescimento significativo. Na Argentina, Colômbia, México e Brasil – os quatro maiores mercados de internet da América Latina – três plataformas de blog estão entre os 10 sites de redes sociais mais populares em todos esses países. Essas plataformas são as seguintes: Blogger (2º site de rede social mais acessado em todos os quatro países em setembro de 2013), Tumblr (7º site mais popular na Argentina, 8º no Brasil, Colômbia e México) e WordPress (6º lugar no ranking na Argentina, 3º no Brasil, 4º na Colômbia e no México).

No total, esses três sites tiveram 118 milhões de visitantes únicos desses quatro países em setembro de 2013. Em comparação, dados da comScore indicam que o Facebook teve 114 milhões de visitantes desses quatro países naquele mês.

Alavancando a paixão

O problema é como alavancar esses números. O Tumblr não vende anúncios e o WordPress parece não ter uma plataforma de anúncios que permita aos anunciantes segmentar os blogs automaticamente por região, país ou tema, por exemplo. Embora o Blogger seja gerenciado pelo Google, a publicação de anúncios segmentados por país em seus blogs parece ser complicada.

Mas será que a paixão por blogs entre os latino-americanos não tem nenhum valor para profissionais de marketing e anunciantes? Não necessariamente. O marketing de conteúdo ou o inbound marketing vem ganhando popularidade nos Estados Unidos por permitir que as marcas se promovam de maneira sutil, envolvendo a sua base de clientes. Nesse contexto, o conteúdo pode assumir a forma de publicações úteis sobre um determinado tema, um livro eletrônico, documentos de marketing, fotos, vídeos, jogos, etc. – basicamente qualquer coisa que as pessoas consomem na internet. De acordo com uma pesquisa da Burson-Marstellar, no entanto, as marcas na América Latina estão usando sites como Facebook e Twitter e não necessariamente páginas ou plataformas de blog.

Ao criar uma conta no Tumblr, por exemplo, a marca pode postar fotos e vídeos. Esse conteúdo é compartilhado por usuários ou publicado em outros blogs e pode aumentar rapidamente a notoriedade da marca ou direcionar o tráfego para uma página de destino de uma campanha específica. Veja o exemplo da rede mexicana de restaurantes Chipotle, que usou uma forma muito sutil de marketing de conteúdo para associar sua marca à agricultura sustentável.

Embora o anúncio tenha causado polêmica entre profissionais de marketing e publicidade, esse fato, por si só, é um forte sinal da sua eficácia. O Tumblr é um bom recurso para publicações simples como fotos ou vídeos, mas o Blogger e o WordPress permitem que a marca crie um tipo mais convencional de blog com maior eficácia.

O valor do marketing de conteúdo resulta de um envolvimento contínuo. Enquanto a maioria dos anúncios pagos normalmente tem um impacto limitado ao tempo de vida da campanha, um livro eletrônico no Slideshare, um vídeo divertido, um fluxo constante de publicações informativas em blogs, jogos, aplicativos e outras formas de conteúdo podem ter um impacto mais duradouro,  à medida que as pessoas compartilham ou descobrem esses conteúdos durante uma pesquisa.

Mais importante ainda é o fato de os hábitos de uso dos latino-americanos nas redes sociais indicarem que esses conteúdos podem contribuir significativamente para reforçar a posição da marca e ser um complemento valioso em campanhas publicitárias.

Fonte: BrasilLink

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes