Gerente de Marketing Digital – Qual o perfil desse profissional?

Gerente de Marketing Digital

Gerente de Marketing Digital – Qual o perfil profissional?

Talvez você ache um pouco estranho que eu, uma pessoa que construiu – e continua construindo – a sua carreira em agências, vir falar sobre o papel de um gerente de marketing digital dentro de uma empresa. Entretanto, o profissional de planejamento é, dentro da agência, aquele deve ser o mais próximo do gerente de marketing da empresa-cliente, pois ambos precisam se preocupar com as estratégias para atingir os objetivos – que sempre terminam no foco em vendas.

O profissional de marketing digital tem que, acima de tudo, pensar na estratégia do negócio em que atua, na construção e no posicionamento da marca da sua empresa. É ele que vai pensar e encontrar a melhor forma para ampliar as vendas, entrar em novos canais, em como usar a web para melhorar a rentabilidade do negócio. Inclusive, a palavra “rentabilidade” está no jargão desse profissional, pois ele é cobrado por isso, e não é algo diário, é mais no sistema da Tele Sena, de “hora em hora”.E o gerente de marketing digital, assim como o seu par “offline”, tem a responsabilidade de vender cada vez mais o produto ou serviço de sua empresa, independentemente do que seja e do seu valor, a única diferença é que a web é a sua plataforma de comunicação.

Normalmente o profissional de marketing digital é uma pessoa que trabalhava com o offline e migrou pro online. No entanto, nem sempre ele está preparado para isso – quantas vezes você já ouviu um caso de alguém que era “bom no Facebook e no Twitter” e, por isso, foi trabalhar com digital? E, infelizmente, temos visto muito esse perfil no mercado. Gente que se acha muito preparada mas que não faz pesquisa, que não sabe o que é segmentação, que não sabe dizer se uma ação que “apenas eleva o número de acessos do site” valeu a pena ou não. E, se elevou o número de acessos, mas não as taxas de conversão, alguma coisa está errada, certo?

Um bom gerente de marketing digital deve entender, respirar, comer, sonhar com o digital. Analisar as campanhas online do mercado, testar, se preocupar com o site e performance da marca no online. Não achar que o Google Analitycs é um bicho de sete cabeças e nem que só o Google resolverá todos os problemas de comunicação e vendas da empresa.

É dele o papel de cobrar da agência (ou do profissional interno da empresa) as análises e a inteligência nos resultados. E isso vai muito além de uma planilha ou um gráfico bonito. E é dele, também, o papel de analisar todos esses relatórios e propor as ações inovadoras – porque inovar é preciso, e ter coragem para isso, também. E a web permite isso.

Portanto, se você quer ser um bom gerente de marketing digital, converse mais com a sua agência, pense diferente, abra a cabeça. Saia do modelo “banner na home de portal”, isso não dá mais resultados! Não sozinho. Esse banner deve fazer parte de uma estratégia mais ampla. Pense nas palavras relacionamento, engajamento, presença e conteúdo como pilares das suas ações. A partir daí, faça a diferença. A web é um campo aberto e há muito ainda  ser explorado. Olha a oportunidade que você tem em mãos…

Fonte: Portal iMasters

carreira em marketing digital

Formação em Marketing Digital

 

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes